7 de nov de 2010

Acidente com mineiros Chilenos .

Em 5 de agosto, um desmoronamento na mina de San José, no deserto do Atacama, no Chile, deixou 33 operários presos em uma mina de ouro e cobre  a 700 metros de profundidade. Após 17 dias de procura, as equipes de resgate conseguiram contato com o grupo.
                               Capsula Fênix , por onde foram resgatados os 33 mineiros .
                                   
Deu-se então início a uma cuidadosa operação de salvamento, onde aconteceria o envio de comida e utensílios para que os mantivessem vivos. Inicialmente a operação era prevista para durar até quatro meses. Em 13 de outubro, após 69 dias de confinamento, todos os 33 mineiros foram resgatados.

Extração Mineral no Chile

Chile – Extração Mineral

A economia chilena é basicamente , mineira alienada a extração de cobre. Coisa boa para o Chile pois o cobre é a segunda riqueza natural mais vendido do mundo , atrás apenas do petróleo.O cobre extraído das minas  é exportado.
                                                                Imagem mostra extração de cobre no Chile .
Esse comércio de cobre, rende ao Chile 26% de todas as receitas que entram no país.



4 de nov de 2010

Economia chilena

           A economia chilena (cuja moeda é o peso) é conhecida internacionalmente como uma das mais sólidas do continente. Graças à política de livre comércio, o Chile assinou tratados importantes, tais como: Nafta, União Européia, Mercosul, China, EFTA, P4, Índia, Japão,Coreia do sul , entre outros. O Chile é o país com maior número de tratados de livre comércio, assinados com áreas econômicas que representam 90% da população mundial.
        
        O Chile é maior produtor mundial de cobre, além de ser um grande país pesqueiro, devido ao extenso litoral, e produtor de salitre ( com o maior  reservatório do sal do mundo - deserto do Atacama) . É o mais industrializado entre os países andinos, por isso chamado de tigre sul-americano.


Mina para extração de cobre no Chile
       
          Apesar de ter um pouco mais de 16 milhões de habitantes, em 2007, a economia do Chile foi a quinta maior da América Latina, seu PIB chegou aos 175 bilhões de dólares e sua renda per capita foi de 9.870 dólares (o maior da América Latina). Ainda em 2007, O PIB cresceu 5,1%, a inflação foi de 7,8% e o desemprego foi de 7,8%.
     
       O Chile, no entanto, é um país que apresenta uma péssima distribuição de renda, fato que causa uma grande diferença entre ricos e pobres. Em 2005, segundo o Banco Mundial, O Chile estava no 80º lugar da lista de países desenvolvidos (desempenho inferior ao de países africanos mais pobres, como a Nigéria, por exemplo), apesar de ser o 37º em relação ao IDH (Índice de Desenvolvimento Humano).


     
         
      A energia é outro problema no Chile, que produz apenas 4.000 dos 228.000 barris de               petróleo que consome diariamente. O gás consumido no país é quase todo importado da Argentina e a energia elétrica, produzida por hidrelétricas (54%) e termoelétricas (46%) está operando no limite. 
                                              

25 de out de 2010

Esporte no Chile





O futebol é o mais popular, o tênis provoca as maiores alegrias e o rodeio - que resgata as tradições do campo chileno - é o esporte oficial desde 1962. Este último é praticado em uma área circular, chamada medialuna. Dois vaqueiros a cavalo, ou huasos (nome local), devem deter a corrida de um novilho.


Embora não receba muita atenção da mídia, essa atividade convoca milhares de pessoas, especialmente em áreas rurais ou campestres.
Há várias disciplinas nas quais o país tem obtido importantes conquistas esportivas. O tenista Marcelo Ríos, conhecido como “Chino”, foi número 1 do ranking ATP em 1998. Fernando González, constantemente se posiciona entre os 10 primeiros, e Nicolás Massú ganharam medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004. Os jogadores de futebol Iván Zamorano e Marcelo Salas triunfaram no Real Madrid e na Juventus, respectivamente.

15 de out de 2010

Gastronomia


A gastronomia chilena é produto da combinação de milhares de emigrantes europeus, principalmente italianos e alemães, que é tipicamente confeccionada com peixes e mariscos locais que se encontram ao longo da extensa costa deste país sul-americano. O Chile possui 4 mil quilômetros de costa banhada pelas águas frias do Pacífico. 


O prato mais divulgado no Chile é o lomo a lo pobre - uma enorme fatia de carne de vaca, coberta por dois ovos estrelados, acompanhados com batata frita.


Para a harmonia da refeição nunca pode faltar o vinho. A inegável qualidade e preços razoáveis fizeram com que hoje se bebam vinhos chilenos em todo o mundo. As castas dominantes são as Cabernet, Merlot, Chardonnay e Sauvignon e, em menor quantidade, Riesling, Gewurztraminer e Pinot Noir.

Santiago do Chile



Introdução


Santiago é a maior cidade do Chile, além de ser também a capital do mesmo. Está localizada na Região Metropolitana de Santiago, ao lado da Cordilheira dos Andes. É o centro cultural, administrativo, industrial e financeiro do país.



Algumas informações:


Fundação: 12/02/1541
Gentílico: Santiaguino
Área (km²): 8.463
População: 5,42 milhões de habitantes (2002)
Temperatura média anual: 14 °C
Clima: Temperado



Pontos turísticos e culturais:

- Palácio da Moeda
- Parque Metropolitano de Santiago
- Praça de Armas de Santiago
- Catedral Metropolitana de Santiago
- Museu Nacional de Belas Artes
- Mercado Central
- Museu Arqueológico de Santiago
- Museu de Santiago Casa Colorada
- Museu Colonial San Francisco
- Museu de Arte Contemporânea
- Museu de Ciência e Tecnologia
- Parque O'Higgins
- Parque Florestal
- Estação de Ski e Resort Valle Nevado
- Estação de Ski El Colorado
- Estação de Ski Farellones


8 de out de 2010

Independência do Chile






Chile colônia

   Durante mais ou menos uns 220 anos ,o Chile, juntamente com outros 11 países (praticamente toda a America latina,com a exceção do Brasil) foi uma colônia da Espanha e foi muito explorado pela mesma.

Processo de independência

            Os colonos tiveram a oportunidade de comandar diretamente a colônia devido a intervenção do império napoleônico na Espanha. Isso tornou o  momento favorável ao início do processo de emancipação chilena, já que a Espanha, preocupada com Napoleão, não tinha como fiscalizar sua colônia.
             Apesar do  grande significado dessa administração, a intenção dos integrantes dessa junta era somente governar a colônia até que a situação política da Espanha  se estabelecesse. Entretanto, esses poderes transitórios acabaram abrindo caminho para  que houvesse uma eleição  que determinasse  o  Primeiro Congresso Nacional Chileno. Seus primeiros representantes, eram  conservadores, porém traziam consigo a influência dos ideais  iluministas e a autonomia conquistada  pelos norte-americanos,quando realizaram a independência dos EUA sobre a Inglaterra.
            Em pouco tempo, o ideal separatista ganharia fôlego com a chegada de Bernardo O’Higgins ao governo chileno., que recebeu apoio do general  José San Martin, que adquiriu experiência na independência argentina,sobre a mesma metrópole.
            E no ano de 1818, Bernardo O’Higgins,após vencer a guerra de Maipu,conquistou de uma vez por todas a independência do Chile. E o próprio O’Higgins governou, de forma ditatorial,até 1823,quando começou o regime republicano que foi marcado por mandatos de curtas durações,devido as disputas pelo poder do novo pais.